Translate

domingo, 12 de outubro de 2014

Adeus



Cresci ouvindo os ruídos dos carros nas ruas;
Ruas onde se encontra de tudo;
Entre seus prédios eu me sinto seguro;
Cidade onde se faz acontecer às quatro estações do ano em um só dia;
Os motores são como uma trilha sonora, uma melodia;
Os melhores restaurantes, os melhores bares, cidade em que se sai à noite e se volta ao raiar do dia;
Guarda chuva, casaco, bermuda, nunca se sabe o que usar, até dar uma espiadinha pela janela;
Hum!!! Aquele caldinho de feijão quentinho na panela;
Aquele passeio de skate na Avenida Paulista, disputando o espaço com os ônibus na pista;
Cidade em que nasceu meu filho, minha maior conquista;
Peço-te que acolha o meu filho e o mantenha afastado do perigo;
 O Guie por suas ruas e proteja-o como fez comigo;
Faça dele um homem verdadeiro e amigo;
Em busca dos mares viajei;
Mas foi aqui que me encontrei;
Nascido e criado nesta cidade;
Talvez eu não saiba o que eu quero de verdade;
Mas uma coisa é certa, me acostumar sem tudo isso será minha realidade;
Aqui passei bons momentos de minha vida;
Adeus minha São Paulo querida...