Translate

domingo, 12 de outubro de 2014

Amizade



Sempre caminhava por uma praia, onde costumava ponderar sobre a vida, me desculpar de meus erros e agradecer pelas conquistas.
Sempre achei estar sozinho, até que um dia totalmente distraído, resolvi olhar para trás para ver se conseguia ter uma ideia do caminho que eu havia trilhado, e percebi que, havia dois pares de pegadas na areia, achei curioso aquilo, mas não entendi, pois só eu havia passado por ali.
Quando parei para pensar naquilo, entendi que eu nunca havia deixado a praia sem uma resposta, e percebi que também nunca estive sozinho, eu tinha um amigo, que sempre me acompanhou e me aconselhou em minha busca de ser um ser humano melhor.
Mas a vida te dá e te tira em um momento te enche de alegria e em outro de tristeza. E em um momento de tristeza extrema, resolvi ir ao meu refúgio de sabedoria, tentar entender porque a vida é assim, porque as pessoas podem ser tão cruéis umas com as outras, porque as pessoas que amamos nos abandonam nas horas em que mais precisamos.
E naquele dia, não encontrei nenhuma resposta, fiquei desolado, entristecido, e resolvi olhar para trás novamente, para ver onde tinha errado, e percebi que neste dia só havia um par de pegadas na areia, meu amigo conselheiro havia me abandonado.
Não sabia mais o que fazer para aliviar minha angústia me virei para ir embora, quando de repente meu peito apertado se abriu, e fui tomado por uma alegria descomunal, e ouvi uma voz:
- eu nunca te abandonei!!!
Continuei meu caminho, pensando e pensando, mas como ele nunca me abandonou se só havia um par de pegadas na areia, quando repentinamente escutei aquela voz novamente:
- sim, eu nunca te abandonei! Naquele momento eu te carregava no colo!!!
“você já abraçou seu amigo hoje, já disse para ele o quão importante ele é na sua vida? Não? Então não perca tempo, você pode fazer isso ainda hoje. De valor a amizade, crie novas, cultive as antigas, um dia elas podem carregar-te no colo, mas nunca se esqueça, é você quem deve carregá-las!!!”