Translate

domingo, 12 de outubro de 2014

Sábios Ignorantes



Ignorante é aquele que pensa aquele que sente, aquele que se importa, somos todos filhos, pais e avós, somos todos, aquilo que querem que sejamos, somos nós mesmos poucas vezes;
Sábio é aquele que pisoteia, se entrega a tudo que é repugnante e sujo, são todos filhos da prostituta mais fedorenta, nascidos nos porões infectos não se importam com nada;
Ignorante segue regras, obedece, tem medo, respeita, faz o que se é necessário, não são eles mesmos quando querem, são manipulados pelos desejos dos sábios que comandam a ordem, hahahaha, bendita ordem, bendita ordem;
Os sábios se deliciam, despejam, desperdiçam, cobiçam, ignoram, esnobam, invejam, são todos poderosos, são todos dejetos de si mesmos;
Mas uma coisa os ignorantes e os sábios tem em comum, nem um deles saberia o que ser se não fossem ignorantes ou sábios;
Eu, eu prefiro ser livre, prefiro os pensamentos da liberdade, prefiro seguir o caminho onde eu possa passar sem incomodar a ninguém, prefiro a luz durante o dia e o escuro quando esta noite, prefiro pensar que o certo é pedir desculpas, é fechar a porta, apagar a luz, cumprimentar se despedir, agradecer, chorar, ajudar, dividir, amar, ter filhos, educa-los, proteger, carregar no colo;
 Devo ser um alienígena, pois, não me encaixo entre os ignorantes e os sábios, devo ser o diferente, mas nasci assim, de uma mãe que me pariu e me disse tudo isso bem baixinho em meu ouvido, com suas últimas palavras:  “entendeu tudo meu filhinho querido”...
... Sim, mamãe Liberdade.