Translate

domingo, 23 de novembro de 2014

Caminhos de Você




Há se eu tivesse você, talvez houvesse um haver;
Seus sorrisos longínquos, seus banhos cheirosos, sua pele macia;
Sua inteligência modesta, seus pensamentos proibidos, seus desejos de mim;
Se escondes onde quer ser encontrada, segues em linha reta seu caminho pela estrada;
Há se houvesse um haver;
Caminhos de você, sigo sem rumo, ando em lugares que nem imaginava passar, rompo fronteiras sem me cansar;
Existe um haver sei que há;
Meu desejo não se aprende aos meus apegos, minhas vontades não dependem de mim; ser teu, será um início ou um fim;
Mas uma coisa é certa, te quero para mim...