Translate

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Meu Lugar




Me enganei, desacreditei, sonhei;
Me humilhei, resgatei, fui e não fui;
Sou eu, sou seu, sou nosso;
Sou eu a viver;
Sou seu a sonhar;
Sou nosso, fracasso;
Vivi a vida que quis, fiz sem pensar, agi com olhar; sonhei demais;
Tentei consertar, fui incapaz, e agora, tanto faz;
Tirei você de minha vida, e seu lugar aqui não tem mais;
Não me ocupo do alheio, não corro do alheiro como um vampiro faz;
Eu sugo seu sangue, ando no sol, porque minha vida sou eu quem faz;
Não me imponho limites, não dou palpites, não me deixo manipular;
Sou eu quem das às cartas, meu baralho é marcado, sempre vou ganhar;
Não sou trapaceiro, não dou valor ao dinheiro, minha cabeça tranquila eu deito no travesseiro;
São tantos momentos, que nem todos me lembro, mas uma boa bebedeira, cigarro acesso, e na fumaça da noite me encontro, sou eu a viajar, tentei me conter, mas aqui é o meu lugar....