Translate

segunda-feira, 9 de março de 2015

De Bobeira

Quero que um anjo me toque; 
De uma árvore um toco; 
Que meu grito fique rouco; 

Quero a sanidade; 
De um louco; 
Até amar eu quero um pouco; 

Me toque; 
Enfoque; 
Perfume; 

Envenene minha alma; 
Serpente me traga a maçã mais vermelha; 
Não deixe apagar a claridade da centelha; 

Quero um amor que viva; 
Uma vida inteira; 
Sentar a beira mar, com os pés a balançar na beira; 

Ainda estou esperando; 
Não se apresse; 
Ainda estou de bobeira.....