Translate

sábado, 7 de março de 2015

Quando Eu Encontrar

Quando eu encontrar você; 
Quando eu não procurar mais; 
Quando eu sentir sua falta; 
Quando eu deixar de amar; 

Pensamentos que me perturbam; 
Sentimentos que me machucam; 
Vontades que me provocam; 
Beijos que não senti; 

O labirinto é imenso; 
Seus túneis provocam confusão; 
minotauro esta a sua caça; 
Movimentos que pensou fazer, não os faça; 

Mantenha sua respiração calma; 
Sinta os conselhos da alma; 
Suje o seu corpo de lama; 
Use a tocha que inflama; 

Sua prenda está no fim do labirinto; 
Você só tem que lutar; 
Hoje não arrumei minha cama; 
Ouço sua voz, que me chama; 

Quando eu encontrar Você; 
Quando eu não procurar mais; 
Quando eu sentir sua falta; 
Quando eu deixar de amar; 

Quero um beijo molhado; 
Um sexo avacalhado;  
Quero suar de prazer; 
Estou quase chegando; 

E de volta trarei você; 
Pularemos juntos no abismo; 
Acharemos uma saída; 
Minha espada no coração do minotauro eu cravei; 

Por muitos dias de saudades chorei; 
Sua voz não escuto mais; 
O aceno do barco a partir no cais; 
O lenço perfumado que o vento me trouxe; 

Roubei da morte sua foice; 
O cavalo que me ajudaria, me deu um coice; 
Talvez sua hora de partir fosse; 
Adeus meu amor; 

Quando eu encontrar Você; 
Quando eu não procurar mais; 
Quando eu sentir sua falta; 
Quando eu deixar de amar ... 

... Não serei mais eu, pois amo, e amo e amo, você.