Translate

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Me

Tenha-me 
Detenha-me 
Tema-me 
Desdenhe-me 

Beije a flor suada de orvalho 
Faça a fogueira com a lenha de carvalho 
Asse o pão  de centeio 
Me abrace o corpo por inteiro 

Sinta-me 
Deseje-me 
Deite-me 
Consuma-me 

Anseio o não esperado 
Espero um beijo molhado 
Quero deitar hoje ao seu lado 
Pássaro sem pio de bico calado 

Escute-me 
Fale-me 
Beija-me 
Cala-me 

Sonhe acordada 
O nascer do sol  
Após à alvorada 
Fale calada, olhe de olhos fechados, escute o silêncio......