Translate

quinta-feira, 12 de março de 2015

Questionamentos

Sete Reinos me foram dados; 
Sete desejos me fizeram; 
Sete desejos fiz eu; 

O primeiro desejo era, que meu reinado fosse de amor; 
Minha primeira resposta foi, O que trazes dentro de seu peito? 
-Ora não sei a resposta Vossa Majestade! 

O segundo desejo foi, que meu povo não passasse fome; 
Minha segunda resposta foi, o que faltas para arar e semear a terra, bem como, cuidar dos animais? 
-Vossa Majestade temos tudo do que precisamos para tais tarefas! 

O terceiro desejo, que todos pudessem viver em harmonia; 
E a resposta por mim dada foi, o que seria viver em harmonia, talvez, respeitar as diferenças entre todos nós? 
-Vossa majestade, não havia visto, o quanto somos diferentes! 

O quarto desejo, que todos tivessem igualdade; 
Mais uma resposta dada, O que o torna diferente de mim? 
-Ora o senhor é o Rei, vive em um castelo! 

O quinto desejo, que fossem dadas respostas a todas as perguntas; 
Cocei a cabeça e respondi, O que fariamos com as respostas se não houvessem os questionamentos; 
-Sim Vossa Majestade! 

O sexto desejo, que houvesse honra; 
Já cansado, mas pronto para responder, disse: 
-O que te faz ser honrado? 
-Vossa majestade, meu orgulho me faz honrado! 

O sétimo e último desejo, que todos aprendessem a ler; 
Esse me deixou curioso e intrigado, e respondi, qual a finalidade da leitura afinal? 
-Vossa Majestade, para que possamos aprender! 

E ao final da cansativa jornada pelos desejos alheios, me reuni com meus conselheiros e os aconselhei; 

Vamos fazer um decreto e nele constará os seguintes termos, anotem: 

-Um reinado de amor só será possível após cada um que viver em nosso reino aprender e descobrir o amor que guarda dentro de seu peito, e assim por diante, passar esse amor ao próximo e ao próximo e ao próximo. 

-Um reinado sem fome, com tanta terra fértil e tantos animais a pastar, só teria fim quando estiverem cansados de trabalhar, todos terão um quinhão do que produzirem, bem como, um dia por semana, todos serão bem vindos a mesa real, para poder compartilhar, de meus assentos, pois, a comida que como é a mesma arada e cultivada, por todos que trabalham. 

-Um reino harmonioso, depende somente do respeito que cada um tem ao seu companheiro, ou seja, respeite e será respeitado, esse sim é o fundamento maior da harmonia, as diferenças. 

-Um reinado de igualdade, será possível, com a percepção dos dons e afazeres de cada qual, somos todos seres humanos dotados de um cérebro, um corpo, e suas vontades, o que o torna diferente de mim, não é castelo em que vivo, muito menos as roupas que visto, e sim o dom de perceber que somos todos iguais, cada um com seu dom, e seus afazeres, precisamos de ferreiros, açougueiros, comerciantes, etc. Se todos quiserem ser construtores, não comeriamos , pois, ninguém, saberia como lidar com a terra, não saberiam a época certa de se fazer o plantio e a colheita.... 

-Como poderei eu, um ser humano igual a todos vós, saber as respostas a todos os questionamentos, sem ao menos saber, se existem respostas a tudo que me for perguntado, os questionamentos acompanham a evolução, e se, estamos a evoluir a cada ciclo de vida, é comum que os questionamentos evoluam na mesma constância, e que, as respostas, tendem a ser amadurecidas, antes de serem dadas. 

-Em nosso reino não existe espaço ao orgulho, ao egocentrismo, e as disparidades, então, tendo isto posto, declaro à meus súditos, que a honra, esta dentro de cada um de nós, um homem deve ser honesto, deve cultivar as amizades que lhe foram agraciadas, deve se fazer ser respeitado, não com o uso da força, mas sim da sua honra, a força trás consigo o medo, e a honra o respeito. 

-Devemos neste último artigo do decreto, criar uma nova oportunidade, deve ser criado um novo ofício neste Reino, e será dado o nome de Professor, todos terão acesso aos livros, as conquistas e histórias contadas, durante os séculos, os professores lhe darão o dom de ler e escrever, para que assim, todos os questionamentos, trazidos a mim , possam ser solucionados, por vós, andem com seus próprios pés, aprendam a construir asas, como, leonardo, contem as suas histórias, e aprendam e deixem seus legado de honra, harmonia, igualdade, cultivo, e que todas as suas dúvidas sejam sanadas, assim eu me tornarei o mais próximo de ser um Rei, pois, por enquanto sou apenas um aprendiz. 



Que todos sejam abençoados, e que seus esforços, façam um reinado, eu sou apenas um conselheiro um ser humano com uma coroa e um trono.