Translate

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O Cometa e o Corpo Celeste

Acalenta meus sonhos; 
Seus lábios risonhos; 
Suas curvas e seus desníveis; 
Seus montes e seus olhares sensíveis; 

Em ti vejo a ternura; 
Seu corpo nu, sem censura; 
Sua timidez me fascina; 
Seus olhos me iluminam; 

Moça do corpo formoso; 
Seu corpo é um desenho, esplendoroso; 
Não o comparo a nada que já vi; 
Seu corpo é celeste e não pertence só a ti; 

Me deixe navegar no mar do seu olhar; 
Me deixe deslizar em suas curvas suavemente; 
Me deixe entrar em teus segredos, e sair, repetidamente; 
Me deixe fazer de sua boca meu lar,  gemidos de prazer salutar; 

Um corpo de mulher é como a luz do sol a brilhar; 
Ofusca a visão do eu homem a enxergar; 
Um corpo de mulher é como a brisa do mar; 
Ventila o corpo quente do eu homem, a refrescar; 

Mulher, és minha inspiração; 
Excito-me em ver-te; 
Desejo ter-te; 
Em minha cama a se deitar; 

Vou com minhas mãos explorar o corpo teu; 
Seus seios firmes, como o falo meu; 
Suas nádegas, são o pedaço de ti, que mais desejo; 
E nelas, vou dar meu mais caloroso beijo; 

Sua vagina, úmida a molhar os dedos meus; 
Minha boca a lambuzar-se, nos mais íntimos sonhos seus; 
Balanço minha cabeça de uma lado para outro com minha língua a penetrar-te; 
Não é mais um sonho seu, agora meu calor, vai esquentar-te; 

O corpo feminino, é um fascínio; 
Não há quem não se agrade; 
Olhar seu corpo nu, é o que eu quero na verdade; 
Mas seu corpo é celeste; 

E por mais que eu o quiseste; 
Ao céu ele pertence; 
Lábios finos, curvas tênues; 
Suave umedecer do prazer; 

Você desperta em mim, meus desejos mais sublimes; 
Sua pele é suave, como pena da mais bela ave; 
Seus lábios a ludibriar, até meus pensamentos mais sábios; 
Seus olhos são mais cristalinos que as gotas do orvalho; 

Em seus seios me deito, para curar meus anseios; 
Em suas nádegas, minhas vontades se tronam mais ávidas; 
De sua barriga, vou fazer a mais linda cantiga; 
E me afogar no molhar da sua vagina; 

Mulher te espero, até nunca me cansar; 
És tudo que tenho, e por ti eu vou lutar; 
De tudo que disse, me excitei só de pensar; 
Seu corpo é celeste, e o meu, um cometa a incendiar; 

Me de mais; 
Me de mais; 
De seu coração eu não falei; 
Mas ele pertence a mim agora eu sei; 

Não me culpe pelos desejos meus; 
Não me canso dos encantos seus; 
Agora somos nossos; 
Um corpo celeste e um cometa, a se perder pelo cosmos......